O Programa

Acompanhe por aqui as fichas técnicas de cada sessão do evento!

Dias, locais e horários aqui.

Endereços completos, por aqui.

OuLiPo + OpLePo + OBLiPo

o jogo da literatura

Your browser may not support display of this image.

Your browser may not support display of this image.

o jogo, a palavra, a matemática e outros plurais

em evento no Rio de Janeiro

Your browser may not support display of this image.

De 25 e 30 de outubro de 2009, no Rio de Janeiro, OuLiPo + OpLePo + OBLiPo : o jogo da literatura é um evento multidisciplinar do Ano da França no Brasil. Celebraremos literatura e outras linguagens a partir das ideias e da participação de escritores e seguidores de um movimento que se descreve como uma Oficina de Literatura Potencial. Com a presença dos franceses Jacques Roubaud, Marcel Bénabou, Hervé Le Tellier e Jacques Jouet; dos italianos Raffaele Aragona, Paolo Albani, Elena Addomine, Brunella Eruli, esta literatura Potencial se transforma em energia voltada para diversas expressões.

Primeiro na França surgiu o OuLiPo – Ouvroir de Littérature Potentiel. Depois na Itália o OpLePo – Opificio di Letteratura Potenziale. Agora no Brasil, o OBLiPo –  Oficina Brasileira de Literatura Potencial. Em outras áreas, grupos análogos de quadrinhos, história, marionetes, fotografia, cinema, arquitetura, por exemplo. São todos “ratos que constroem eles próprios os labirintos dos quais se propõem a sair” – como se definem.

Em 1960, em Paris, o escritor Raymond Queneau e o matemático François Le Lionnais se juntaram para criar o Ouvroir de Littérature Potentielle(OuLiPo). A Oficina de Literatura Potencial propunha experimentações de estilo a partir de práticas de escrita que, através do humor e certas contraintes(restrições) matemáticas, exploravam as potencialidades da linguagem. O oulipismo se tornou, portanto, um trabalho sob a forma de um jogo calculado no encadeamento dos sons de que nascem as possibilidades de significação de um texto. Os primeiros oulipianos apostavam no caráter coletivo da escrita e mensalmente, durante anos, reuniam-se para discutir o conjunto de seus experimentos e invenções, numa tentativa de revigorar as potencialidades da literatura. Por exemplo, Raymond Queneau, George Perec, já traduzidos no Brasil, assim como o celebrado Italo Calvino são alguns que produziram obras seguindo as ideias do OuLiPo.

Parece complicado? Nem tanto. As ideias do grupo tomaram caminhos surpreendentes e atraíram um público numeroso. Até hoje podemos assistir a leituras públicas dos resultados das oficinas, como as que o OuLiPo apresenta todos os meses na Biblioteca Nacional de Paris; e membros do grupo saem ao redor do mundo promovendo encontros e troca de experiências, como a recente que ocorreu em agosto de 2007 Buenos Aires.  E agora, no Brasil.

No entorno deles, uma programação variada explorando ou explodindo as margens entre escrita, criação, leitura e demais artes. Leituras dramáticas de textos; oficinas voltadas para jovens escritores; mesas redondas entre escritores, cineastas, artistas gráficos e dramaturgos; dramatização de textos; exposição de quadrinhos com participação de autores brasileiros; ciclos de estudo oulipianos.

No Brasil, o projeto de pesquisa sobre as oficinas de escrita desenvolvido na Faculdade de Letras da Universidade Federal do Rio de Janeiro, desde março de 2004, desenvolve as ideias do grupo. Ainda no Brasil, os trabalhos do músico Leonardo Fuks, da crítica literária Ana Alencar, do coreógrafo André Meyer refletem esses ideais pluridisciplinares dos ouplepianos.

O evento, aliás, registra uma dupla data comemorativa: os 50 anos do OuLiPo, grupo francês, e os 20 anos do OpLePo, o grupo italiano de Literatura Potencial.

  • Your browser may not support display of this image. Your browser may not support display of this image.
  • Serviço
  • De 25 e 30 de outubro de 2009, no Rio de Janeiro.

    Leituras dramáticas de textos; oficinas para jovens escritores; mesas-redondas entre escritores, jornalistas, poetas e dramaturgos; dramatização de textos; exposição de quadrinhos brasileiros; exibição de filmes, perfomances sonoro-visuais e poético-musicais.

    PROGRAMAÇÃO

    Programação completa no site:
    https://oulipobr.wordpress.com/

    Realização:

    Ouvroir de Littérature Potencielle (OuLiPo);

    Your browser may not support display of this image. http://www.oulipo.net

    Opificio di Letteratura Potenziale (OpLePo);

    Your browser may not support display of this image. http://www.oplepo.it

    Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ);

    Your browser may not support display of this image. http://www.ufrj.br/

    Instituto de Matemática da UFRJ;

    Your browser may not support display of this image. http://www.im.ufrj.br/

    Bureau du Livre Français no Brasil/Embaixada da França no Brasil.

    http://www.maisondefrance.org.br/

    Instituto Italiano de Cultura – Rio de Janeiro.

    http://www.iicrio.esteri.it/IIC_Riodejaneiro

    Your browser may not support display of this image.

    Patrocinadores

    Academia Brasileira de Letras;

    Cultures France;

    Mediathèque da Maison de France;

    Banco do Brasil.

    Apoio

    Pró Reitoria de extensão, UFRJ;

    Superintendência Geral de Administração e Finanças da UFRJ;

    Casa da Ciência da UFRJ;

    Fórum de Ciência e Cultura – UFRJ;

    Decania do Centro de Tecnologia da UFRJ;

    Curso de Direção Teatral da Escola de Comunicação – UFRJ;

    Livraria Travessa;

    Cosac & Naify;

    Alliance Française;

    Confraria do Vento.

    EQUIPE DE PRODUÇÃO

    BRASIL

    Stefanella Boatto –  Idealizadora e Diretora de produção

    Instituto de Matemática, UFRJ

    Maria Clara Carneiro – Produtora executiva

    Alessandra Vannucci – Produtora executiva (eventos de teatro)

    Ana Alencar –  Produtora executiva (eventos de literatura)

    Faculdade de Letras, UFRJ

    Andre Meyer –  Produtor executivo (eventos de dança)

    Departamento de Arte Corporal, Escola de Educação Física, UFRJ

    Leonardo Fuks –  Produtor executivo (eventos de música)

    Escola de Música, UFRJ

    Tiago Lacerda –  Curadoria da exposição de quadrinhos.

    Andrea Carvalho Stark – Assistente de divulgação

    FRANÇA: Marcel Benabou – representante do OuLiPo

    ITÁLIA: Raffaele Aragona  – fundador do OpLePo

    Links

    Página oficial do evento
    OuLiPo + OpLePo + OBLiPo : o jogo da literatura
    https://oulipobr.wordpress.com/

    Sites oficiais dos grupos

    OpLePo www.oplepo.it
    OuLiPo
    www.oulipo.net

  • Contato
  • Stefanella Boatto –  Idealizadora e diretora de produção

    stefanella.boatto@gmail.com

    Tel. 21-8200-8717

    Tel. 21-2287-8744

    Maria Clara Carneiro – Produtora executiva

    kamiquase@gmail.com

    tel. 21-88386928

    Ana Alencar – Produtora executiva

    anaalenc@gmail.com

    Tel. 21 – 2226-2640

    Marcel Benabou – OuLiPo

    mbenabou@noos.fr

    Raffaele Aragona – OpLePo

    argon@tin.it

    Fernando Pedro Lopes – Assessoria de imprensa, Reitoria UFRJ

    imprensa@reitoria.ufrj.br

    Tel. 21- 2598-9608

    Assessoria de imprensa, Maison de France

    pressrio@rionet.com.br

    Tel.  21-39746609

    Fax. 21-39746268

    Andrea Carvalho Stark – assistente de divulgação

    andreacarvalho@ufrj.br

    Tel. 21- 8409-6616

    “OULIPO: A ESCRITA EM JOGO” é un evento  FRANÇA.BR

    O Ano da França no Brasil é  organizado: Na França, pelo Comissariado Geral Francês, pelo Ministério das Relações Exteriores e Européias, pelo Ministério da Cultura e da Comunicação e por Culturesfrance. No Brasil, pelo Comissariado Geral Brasileiro, pelo Ministério da Cultura e pelo Ministério das Relações Exteriores.

      CIRCO-CIÊNCIA

    Homeagem a ITALO CALVINO

    27 de outubro, Casa da Ciência da UFRJ, h.18.30

    No âmbito do evento OuLiPo+OpLePo+OBLiPo: O JOGO DA LITERATURA, manifestação do Ano da França no Brasil, faremos homenagem ao escritor Italo Calvino que participou do grupo francês de Literatura Potencial OuLiPo junto com Raymond Queneau, Jacques Roubaud, Georges Perec e outros, na década de 70. Tratava-se de uma brigada de artistas-bricoleurs que produziram uma antologia de obras multiformes, misturando o lúdico ao sério na invenção combinatória de formas estéticas potenciais, principalmente literárias, condicionadas à desafios matemáticos.

    A homenagem a Calvino consiste em um evento multidisciplinar, desenvolvendo imagens a partir da leitura dramatizada de alguns de seus contos, dedicados a paradoxos matemáticos (como por exemplo em T = 0) e temas científicos (como por exemplo a formação das galáxias, em Cosmicomicas).

    O evento conta com a participação de dois músicos, sete acrobatas e um ator-narrador. Já em si, os contos atendem a desafios lúdicos como o de descrever o universo inteiro cabendo num ponto só, antes do big bang. Todos os artistas envolvidos submetem sua criação a regras constritivas e desafios, por exemplo, executar uma dança na corda com obstáculos, a formação de figuras geométricas com seus corpos, uma série exponencial de saltos acrobáticos, etc. Ao mesmo tempo, a encenação ilustra a narrativa de Calvino, povoando o espaço com seus personagens irônicos e surreais.

    Ator – Julio Adrião

    Músicos – Ranier Oliveira e Carol Pannesi (Orquestra Itiberê Família)

    Acrobatas – Escola Nacional de Circo

    Preparação dos artistas circenses – Boris Vecchio

    Dramaturgia e Direção – Alessandra Vannucci

    Iluminação – Renato Machado

    Uma realização da UFRJ e Istituto Italiano de Cultura-RJ

    Parceria: Escola Nacional de Circo, Leões de Circo, Festival della Scienza-CircoScienza (Genova), Archaos e França.BR2009

    França.Br 2009 é  organizado no Brasil pelo Comissariado geral brasileiro, pelo Ministério da Cultura e pelo Ministério das Relações Exteriores; na França pelo Comissariado geral francês, pelo Ministério das Relações exteriores e européias, pelo Ministério da Cultura e da Comunicação, por Culturesfrance.

    HOTEL DES SENS

    UFRJ, 28 de outubro de 2009 h. 20h15

    No âmbito da mostra OuLiPo+OpLePo+OBLiPo: O JOGO DA LITERATURA do Ano da França no Brasil

    Fundado em Paris em 1960, OuLiPo (Ouvroir de Literature Potentiel) reuniu artistas do calibre de Raymond Queneau, Italo Calvino, Marcel Duchamp, Luc Étienne, Georges Perec. A mostra no Rio celebra um duplo aniversário: os 50 anos do OuLiPo e os 20 anos do OpLePo (Opificio di Letteratura Potenziale), grupo italiano derivado do primeiro. Ambos se consagraram pela invenção de novas estruturas literárias e artísticas, fazendo apelo à matemática e aos sistemas combinatórios e seduzindo públicos cada vez mais amplos. Esta abordagem já está fortemente presente no Brasil, como testemunham os trabalhos de Leonardo Fuks,  Ana Alencar, Andre Meyer entre outros. A vinda dos oulipianos e oplepianos se inserirá portanto num contexto familiar ao espírito brasileiro, sempre curioso e aberto ao improviso e à multidisciplinaridade.

    Hotel des sens

    performance com desafio

    Um ator e uma bailarina se desafiam no improviso criativo a partir do poema HOTEL DES SENS de Fournel & Roubaud – este último, presente entre os espectadores da performance. O poema é constituído por três séries de 15 versos cada, cada série representando um quarto do Hotel. O nosso desafio (contrainte) consiste em improvisar uma dança em cada “quarto” físico a partir do imaginário proposto, para cada quarto poético, pela narrativa, pelos desenhos dos artistas do OuPeinPo – Ouvroir de Peinture Potentielle (projetados) e pelos sons propostos pelos espectadores (ao vivo).

    ator – Julio Adrião

    bailarina – Paula Aguas

    vídeo – João Gioia

    sonoplastia – Rodrigo Oliveira

    direção – Alessandra Vannucci

    tradução – Maria Clara Carneiro

    desenhos – Tristan Bastit, Jacques Carelman, Thieri Foulc,

      Olivier O. Olivier, Brian Reffin Smith, Jack Vanarsky

    uma parceria entre França.BR2009, UFRJ e Leões de Circo

    França.Br 2009 é organizado no Brasil pelo Comissariado geral brasileiro, pelo Ministério da Cultura e pelo Ministério das Relações Exteriores; na França pelo Comissariado geral francês, pelo Ministério das Relações exteriores e européias, pelo Ministério da Cultura e da Comunicação e por Culturesfrance. Desenhos e textos gentilmente cedidos pelos autores : L’Hôtel de Sens, por Paul Fournel e Jacques Roubaud, com 41 quadros pelo l’OuPeinPo, Paris : Au crayon qui tue éd., 2002.


    Anúncios

    1 Comentário »

    RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

    1. Gostei desse blog, pois estou publicando hoje um livro onde conto uma história de amor e traição, mas que dele eu restringe palavras que contenham letra A, e estava a procura de coisas semelhantes pelo mundo….


    Deixe um comentário

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

    Foto do Google+

    Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

    Conectando a %s

    Blog no WordPress.com.
    Entries e comentários feeds.

    %d blogueiros gostam disto: